Cisco & Skype

Tempos interessantes, sem dúvida:

I just read a story on TheStreet.com which said that a senior Cisco executive, Mike Volpi, has joined the board of Skype.
Now things are starting to get…shall we say…interesting?
Cisco, the company that has yet to meet a protocol that it doesn’t like may very well be working with Skype to implement their non-standard firewall piercing technology into their family of routers and other edge devices. This would be a move that would keep Skype technology proprietary and give both them and Cisco the edge in delivering real-time communication services in what would otherwise be hostile working enviornments
.

Via Jeff Pulver.

No way

São sempre os mesmos a pagar a factura, neste caso, a classe média. Bagão, podes ir-te embora. Acusam este governo de ser neo-liberal e de direita? Que piada. Não mexem uma palha na fuga ao fisco, na reforma da administração pública, na saúde, na educação, na justiça. O Estado em Portugal é um cancro, que continua a alastrar e a consumir este país. E o que faz este governo? Rigorosamente nada. Alguma vez algum governo não irá curvar-se peranto os lobbies da magistratura, dos médicos, dos professores, dos farmacêuticos, dos enfermeiros, dos construtores civis, dos funcionários públicos? Santana Lopes foi ao Brasil para se encontrar com mais um mega-estratega brasileiro de imagem e publicidade. Já alguém reparou que o novo símbolo do PSD se assemelha a um logotipo de um canal de televisão? Pois. Muita forma, pouco conteúdo. Alguém me sabe dizer qual a diferença entre Santana, Sócrates, Guterres e Sampaio?

A blogoesfera segundo Pacheco

Um bom artigo no Público, escrito por Pacheco Pereira: Media-esfera, Blogoesfera e Atmosfera. Se a maior parte dos leitores portugueses de blogs soubessem o que eram RSS feed readers, aí é que o fenómeno tinha um crescimento anda maior. Pacheco Pereira continua a ser o maior divulgador da blogoesfera em Portugal, pela sua capacidade de atrair atenção nos media mais mainstream, mais tradicionais. O Paulo Querido tem sido também um divulgador pelo incansável trabalho que tem feito com a plataforma weblog.com.pt e pelos diversos artigos pioneiros que tem escrito na revista Única do Expresso. Para mim e para ainda um grupo pequeno de geek-friends não diz nada de novo, mas considero importante este tipo de artigos, são esclarecedores para o público em geral e numa linguagem que entendem. O mais interessante:

Os jornalistas, principalmente da imprensa escrita, vão hoje buscar imensa coisa aos blogues, umas vezes citam, outras não, e os leitores dos jornais desconhecem a importância dessa contribuição. Ainda recentemente uma notícia de primeira página do PÚBLICO teve origem num blogue. O jornal demorou uns dias a referir a fonte, mas depois fê-lo quando por todo o lado na blogosfera havia protestos. Num blogue, essa ausência de citação seria impossível porque a cultura do hipertexto torna a citação do outro um elemento identitário da blogosfera.

Gostava de saber até que ponto os blogues portugueses são veículo de informações e fonte de notícias nos media portugueses. Dou um exemplo deste artigo (O Estado à deriva) de Medina Carreira publicado pela primeira vez na Grande Loja do Queijo Limiano, e que apareceu referido num artigo de página inteira no Expresso, caderno de Economia. Neste caso, o artigo referia o blog original onde foi retirado o texto de Medina Carreira. Haverá mais exemplos, de certeza.