Android is Open

We all know what Open means in Android:

Android is an “open” operating system in name only. Sure, you can get the source code and mess around with it, but there are no mainstream generic Android phones that work on any carrier, and no carrier-sold phones are simple to crack open and do what you will.

“Open” refers to a carrier’s ability to modify the phone’s software to its will, not the consumer or developers’. In fact, many Android phones come with garbageware installed on the phones’ home screen, with no way to remove it.

Also related, Is Android Evil?

Mais vale tarde do que nunca

Fidel Castro, depois de quatro anos de reflexão, por motivo de doença, entrou na fase de «autocrítica». Há dias assumiu a responsabilidade da feroz repressão, das permanentes perseguições e prisões a que o castrismo submeteu, desde o final dos anos 60, os homossexuais cubanos. Agora, concluiu o ditador das Caraíbas que «o modelo cubano não serve nem para nós». Não serve para os cubanos, nem a «apropriação dos meios de produção pelo Estado» serviu em parte alguma, nem na URSS, nem na Europa de Leste, nem na China. Continua a servir apenas na cabeça dos dirigentes comunistas e da extrema-esquerda portuguesa que, ainda hoje, nos acenam com a intervenção do Estado na economia como solução milagreira para os nossos males. Em Cuba, os manos Castro, depois de cinquenta anos de desastre de «economia de Estado», andam a tentar privatizar fábricas e a estimular a actividade económica privada como solução para saírem da miséria; aqui ainda nos propõem como solução a «nacionalização dos sectores estratégicos da economia». Não aprenderam nada!

por Tomás Vasques.